Ebrae

Como funciona a divisão de comissão entre corretores?

  • Publicado em Dicas para Corretor – Imóvel Web

Se você vende ou deseja vender em parceria com algum corretor de imóveis, saiba como funciona a divisão de comissões

Alguns casos podem exigir do corretor uma venda feita em parceria com outro corretor de imóveis. Vamos supor que você tem um cliente que procura uma casa ou apartamento com características específicas, depois de muita pesquisa você encontra a unidade perfeita para ele, porém, quem comercializa o imóvel é um outro corretor. O que fazer? A melhor alternativa aqui é ter jogo de cintura e negociar com o outro corretor a venda conjunta desta unidade.

A carta na manga nesse caso é o seu contato! O cliente que você tem é valioso para a venda e o outro corretor pode topar o negócio, mesmo tendo que dividir a comissão, pois ele também sairá ganhando após fechar a venda. Geralmente, as comissões de venda correspondem a 6% do valor total do imóvel e o acordo de divisão dessa comissão pode ser o famoso 50/50, ou seja, metade do valor para cada um dos envolvidos. Essa prática pode ajudar a vender mais rápido o imóvel, pois há mais força de trabalho buscando por clientes que sejam perfeitos para as unidades que são ofertadas.O mais importante após o alinhamento entre os corretores sobre a parceira na venda é o termo que firma as condições desta venda. É bastante comum que o acordo fique apenas no verbal, mas ter um acordo formal por escrito que detalhe a divisão dos honorários e autorização de oferecimento do imóvel aos clientes se torna necessário para garantir maior segurança a todos.

Ainda que o 50/50 seja bastante popular, o percentual de divisão da comissão pode também ser alinhado de acordo com os honorários de cada um. A proporção pode ser aplicada com base na complexidade da negociação, volume de trabalho encarregado para cara corretor, dificuldade de obtenção do contato, tempo em que o imóvel está “encalhado” para venda, entre outros.

Geralmente, a imobiliária que fez a venda é quem realiza toda a negociação até assinatura do contrato e recebimento dos valores devidos. Após isso, cabe a empresa responsável a divisão e repasse do valor aos corretores envolvidos, de acordo com o que foi alinhado antes e documentado em um termo por escrito.
A parceria pode ser também firmada anteriormente entre imobiliárias ou corretores que trabalham juntos de forma recorrente. Essa modalidade de venda permite que todos saiam ganhando, pois, mesmo com a redução dos valores de comissão, as vendas acontecem em uma velocidade muito maior, abrindo espaço para novas vendas acontecerem dentro de um período muito menor de tempo.

Saber identificar as oportunidades de parceria é um ótimo jeito de manter o padrão financeiro e aumentar o portfólio de vendas, além de enriquecer o seu banco de clientes com contatos sempre frescos e potenciais para apresentar novidades sempre que surgirem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*